Criado em 1992 e dirigido pela educadora musicista Carmen Mettig Rocha, o Instituto de Educação Musical – IEM é um dos principais centros de aprendizado de música para crianças e adolescentes na Bahia. Participa da Sociedade Cultural e Educacional da Bahia, juntamente com as Faculdades Integradas Olga Mettig.

A metodologia de ensino do IEM é baseada nos princípios e metodologia do pedagogo belga Edgar Willems, um dos maiores educadores contemporâneos no campo da pedagogia aplicada ao ensino da música e criador de uma vasta obra pedagógica, difundida em diversos países da Europa e América Latina.

Carmen Mettig Rocha foi aluna de Edgar Willems e é hoje representante do seu método para todo o Brasil. O sucesso dos resultados de seus trabalhos fez com que o IEM crescesse. Instalado no bairro de Nazaré, em Salvador, o IEM possui salas bem equipadas e o auditório “Pierre Klose”, espaço especial para audições internas. O Instituto oferece aulas de iniciação musical para bebes e crianças a partir de dois anos, além de aulas de instrumento (piano, violão, violino, viola, bateria, flauta doce e flauta transversal, canto), aulas de solfejo, coral e grupos instrumentais.

Um dos principais objetivos do Instituto é despertar e desenvolver o amor pela música, contribuindo para uma educação mais completa, onde os aspectos físico, afetivo e mental, bem trabalhados, torna a criança mais harmoniosa, integrada, dinâmica, criativa e, conseqüentemente, mais feliz.

Oficinas e Cursos

O Instituto de Educação Musical oferece oficinas e cursos com eminentes professores convidados que motivam o desenvolvimento dos alunos de instrumento e o coral da escola.
O IEM ainda recebe a visita de educadores musicais de diversos estados e mesmo de outros países em Salvador, que solicitam cursos especiais e estágios de observação e atualização profissional.

Trabalhos Realizados

São mantidos grupos como: O Coral EmCanto e os Conjuntos de Violino e Flauta Transversal. Graças à qualidade de seu trabalho, constantemente esses grupos são convidados para apresentações públicas, tendo se destacado em concertos e gravações diversas. Entre eles estão a participação do Coral EmCanto na apresentação de “Carmina Burana” (no Teatro Castro Alves), na Comemoração dos 500 anos do Descobrimento do Brasil e Concertos de Natal em comemoração aos 20 anos da OSBA, todos sob a regência do Maestro Henrique Morelembaum.

Além dos tradicionais Concertos Natalinos do IEM, vale destacar a participação de seus alunos em audições, concertos, em eventos e gravações, como as realizadas com o grupo Olodum e Filhos de Gandy, na apresentação com o cantor Edson Cordeiro durante a comemoração dos 10 anos da Cia. Baiana de Patifaria. Além disso, o IEM produz seus espetáculos envolvendo os alunos da escola, como parte de um projeto pedagógico que prevê a iniciação dos estudantes em uma produção artística e musical de grande porte, motivando seu contato com o público. Foi assim em “Fantasia Musical”, “Meu Sonho de Natal”, “Broadway IEM Show” e “O Príncipe Que Não Sabia Sorrir”, onde todos os alunos e professores se envolveram num trabalho conjunto de música e artes cênicas. O coral e os grupos instrumentais têm se apresentado nos Concertos de Natal em diversas igrejas da cidade.

Em junho de 2003 a professora Carmen Mettig Rocha foi convidada pela ARCI (Associação de Regentes Corais Infantis) através de sua diretora, a musicista Lília Valente, para ser a regente responsável pelo workshop e Gran Concerto do Gran Finale (II Festival Nacional de Corais Infantis) em São Paulo.
Um trabalho inesquecível, à frente de 250 crianças entre 8 a 12 anos que depois de um importante trabalho com a regente, finalizou com um lindo concerto matinal no Teatro do Memorial da América Latina.
Momentos inesquecíveis!

Mais um grande trabalho foi a participação do Coral das crianças no Concerto "Vozes do Holocausto" em primeira apresentação em 2006 no Teatro Castro Alves sob a regência do maestro americano Russel Shelley e em São Paulo no Teatro Cultura Artística à convite da Congregação Israelita Paulista sob a regência de Cícero Alves Filho, idealizador desse projeto.
No Rio de Janeiro, o Concerto foi realizado e calorosamente aplaudido na Sala Cecilia Meireles, também sob a regência de Cicero Alves Filho.
Em outubro de 2007, o IEM e a APEMBA (Associação dos Professores de Educação Musical da Bahia) em parceria com a ARCI (Associação de Regentes Corais Infantis), realizou o VI Festival de Corais Infantis - Gran Finale Nordeste, reunindo mais de 200 coralistas de todo o Brasil.
O evento contou com a participação do regente Elias Moreira Silva que ministrou uma oficina para os regentes e coordenou os ensaios juntamente com a criadora do projeto, a musicista Lília Valente.
A professora Carmen Mettig Rocha, ficou também com a responsabilidade do Concerto de Abertura e com o seu coral jovem apresentou canções do repertório do nosso cancioneiro com lindas fantasias, cantando e dançando sob os calorosos aplausos da platéia que em duas sessões, lotou o Teatro Castro Alves aqui em Salvador.
Foi uma experiência gratificante para toda as crianças que puderam participar deste Festival, que anualmente acontece em São Paulo, com o objetivo de dinamizar o canto coral infantil em nosso país.

Em 2010, o IEM realizou uma importante parceria pedagógica com o Projeto Neojibá, criada em Salvador pelo renomado musicista baiano Ricardo Castro.
A professora Carmen Mettig já participou de oficinas sobre a Metodologia Willems e também de mesas redondas (discutindo temas sobre a pedagogia musical) para os monitores da Orquestra Dois de Julho que tem mostrado ao público da Bahia, do Brasil, aliás, do mundo, a seriedade e competência desse projeto sob a direção dinâmica do regente Ricardo Castro.
O IEM também poderá se beneficiar de cursos e oficinas instrumentais para seus alunos.

O IEM continuou com suas atividades pedagógicas e artísticas e o ano de 2012 foi um ano muito especial marcado pelas comemorações dos 20 anos de sua criação.
Ao lado da sua programação regular, foram realizadas uma Missa em Ação de Graças quando alunos, pais, professores e amigos se confraternizaram num bonito momento de música.
Os ex alunos também se movimentaram, convidando os colegas para se reunirem e organizarem um Concerto relembrando os bons tempos vividos no IEM. Assim, depois de alguns ensaios na escola , pudemos nos emocionar e viver momentos de saudade e alegria. .
Foram lembrados o Coral e a Orquestra e diversos grupos instrumentais se apresentaram mostrando a continuidade de seus trabalhos.
Encerrando a semana os pequeninos das classes de Iniciação Musical cantaram parabens e sopraram as velas de um imenso bolo . Valeu a pena sentir a energia positiva e o carinho de tantas crianças e jovens que passaram pela escola e outras que continuam nos motivando para a realização do nosso sonho musical.
Recebemos carinhosas mensagens de ex alunos que estavam fora do país e de amigos e alunos que não puderam estar presentes nas comemorações, o que comprovou os laços de amizade que a música consegue manter em nossas vidas.

2013 Iniciamaos uma nova etapa na história da nossa escola. Mudamos de endereço e agora estamos funcionando no 3º andar do Colégio Santa Cecilia, na Rua Florianópolis,84- Jardim Brasil- Barra.
Esta é uma parceria entre duas educadoras, Carmen Mettig Rocha e Rosa Cecilia Santos Pereira que foram colegas nos Seminários Livres de Música,ambas alunas do eminente pianista professor Pierre Klose.
Numa parceria alicerçada pelos mesmos ideais em prol da Educação e da Música,o Colégio Santa Cecília e o Instituto de Educação Musical-IEM, com certeza, realizarão um trabalho de qualidade, desenvolvendo em suas crianças o interesse e entusiasmo pela vida musical


 

burberry outlet burberry outlet ghd outlet burberry handbags outlet cheap burberry scarf